A melhor Prenda

Dec 20, 2016

60c7e7aa-fbab-46a1-857b-a4508e9522f5.png

 

Nesta época festiva procuramos as melhores prendas para dar aos entes queridos que nos rodeiam. A maioria de nós investe tempo nesta tarefa acreditando que maior dedicação e empenho serão sinónimos de mais amor e carinho. Poderá até ser, mas confesso que não é uma ligação clara para mim…

Admito que não sinto esta época natalícia como uma época particularmente feliz. Acho que está demasiado comercial para que possa ser uma época impregnada de boas emoções e vivida em consciência.

O objetivo é que o NATAL seja uma época feliz e saudável que culmina com o fim de um ano e nos alimenta a fé num NOVO ANO muito melhor. E que prenda melhor do que ajudar as nossas crianças a crescerem de forma saudável tornando-se adultos equilibrados, eficientes e felizes.

Pois bem não é necessário muito, apenas uma combinação de tempo e dedicação. Sei que alguns estarão, depois de ler isto a pensar é fácil dizer, mas eu não tenho tempo… A questão para mim não é se há tempo ou não. A questão é: teremos nós consciência das nossas ações e do nosso (des)investimento nos pequenos adultos que estamos a criar? Ou, mais concretamente: Será que estamos a fazer TUDO o que podemos para os ajudar a crescer de forma saudável e equilibrada? Estaremos a dar o melhor de nós?

Mesmo que já estejamos a fazer muito, sei que é sempre possível fazer mais e melhor. Neste NATAL e NOVO ANO de 2017 sugiro que cada um faça a sua parte e dê mais de si às suas crianças. Como prendas proponho:

– Ensiná-los a pensar sobre os assuntos antes de formarem uma opinião;

– Ajudá-los a ponderar situações e tomar decisões;

– Ensiná-los a gerir o seu tempo e assumir responsabilidades;

– Ajudá-los a compreender as suas emoções e a geri-las;

– Fazê-los entender que o conflito faz parte da vida e é necessário aprender a superar a frustração;

– Ensinar-lhes a comunicar de forma saudável e positiva com eles próprios e com os outros.

Tentemos ser a melhor prenda para as crianças que nos rodeiam, ser um modelo de referência para o seu comportamento e atitudes. Percebamos que somos nós que lhes damos o exemplo sobre o que devem pensar, fazer, sentir… Perguntemo-nos com frequência: estarei eu a ser um bom modelo?

A melhor prenda que podemos dar aos que nos rodeiam, miúdos e graúdos, é sermos a nossa melhor versão. Esta acaba por ser uma prenda enorme pois o esforço diário de nos dedicarmos ao nosso desenvolvimento pessoal, é recompensado de forma exponencial pela vida e pelo amor que recebemos, de nós próprios e dos outros!

Este NATAL dê ao mundo uma prenda: invista em si!



Categoria: Nós & a Família

Ana Raquel Veloso

user_avatar

Licenciada Comunicação
Pratictioner Program. Neurolinguística
Pós-Graduada Neuropsicologia Clínica


Por favor adicione um comentário

Deixe uma resposta



(O seu email não será exibido publicamente.)


Código Captcha

Clique na imagem para ver outro captcha.